7.25.2009

When we two parted
by Lord Byron

When we two parted
In silence and tears,
Half broken-hearted,
To sever for years,
Pale grew thy cheek and cold,
Colder thy kiss;
Truly that hour foretold
Sorrow to this.

The dew of the morning
Sank chill on my brow
It felt like the warning
Of what I feel now.
Thy vows are all broken,
And light is thy fame:
I hear thy name spoken,
And share in its shame.

They name thee before me,
A knell to mine ear;
A shudder comes o'er me
Why wert thou so dear?
They know not I knew thee,
Who knew thee too well:
Long, long shall I rue thee
Too deeply to tell.

In secret we met
In silence I grieve
That thy heart could forget,
Thy spirit deceive.
If I should meet thee
After long years,
How should I greet thee?
With silence and tears.


Quando nós dois partimos
Em silêncio e lágrimas,
De coração partido
Separados por anos,
Pálida ficou tua bochecha e fria,
Mais frio teu beijo;
Verdadeiramente essa hora preditas
Sofrimento presente.

O orvalho da manhã
Gelado cai na minha testa
Parecia o aviso
Daquilo que eu sinto agora.
Teus votos são todos quebrados,
E luz é tua fama:
Ouço teu nome falado,
E partilho da sua vergonha.

Eles te nomearam antes de mim,
Um dobre a finados para meu ouvido;
Um estremecimento vem sobre mim
Por que se preocupar querido?
Eles sabem que eu não te conhecia,
Quem te conhecia muito bem:
Anseio, anseio que me arrependa,
Demasiado profundamente a dizer.

Em segredo nos encontrámos
Em silêncio eu me aflijo,
Esse teu coração poderia esquecer,
Teu espírito enganar.
Se eu tiver que te encontrar
Após longos anos,
Como devo te cumprimentar?
Com o silêncio e lágrimas.

1 comment:

O'GARA said...

você deve me comprimentar com BODE! hahaha
''Aye, do ya want a beer, BODE ''