7.25.2009

Dead Poets Society


Today I watched this movie after a very long time since I first watched it. The first time I saw this movie I was too young so I didn't realize the message of the film but even without not completely understanding it I LOVED it... Now that I'm older everything makes much more sense, I know that each person gets the meaning in a different way...so I won't tell mine...=]
Hoje eu assisti esse filme depois de muito tempo desde que eu o vi pela primeira vez. A primeira vez que eu vi este filme eu era muito criança para que pudesse entender a mensagem do filme, mas mesmo sem compreendê-lo completamente, ADOREI...Agora que estou mais velha tudo faz muito mais sentido, eu sei que cada pessoa recebe o significado de uma forma diferente ... por isso não vou dizer o meu ...=]





The Dead Poets Society is a 1989 American film, the genre drama, directed by Peter Weir. Tells the story of a professor of literature anything orthodox, named John Keating, in a preparatory school for young people, the Welton Academy, which predominated in traditional values and conservative. These values resulted in four major pillars: tradition, honor, discipline and excellence. With his talent and wisdom, Keating inspires his students to persue their individual passions and make their lives extraordinary. The film also shows that at some point in life, people, especially young people, should object to, challenge, and above all be shouting "free thinkers" and not let anyone affect your way of thinking, but also teaches these young people to use common sense. The Society of Dead Poets is made up of Todd Anderson, Neil Perry, Steven Meeks, Charlie Dalton, Knox Overstreet, Richard Cameron and Gerard Pitts. Full of quotes from the great names of English literature such as Henry David Thoreau, Walt Whitman, and Byron, and beautiful metaphorical images, the film leaves a deep message of life synthesized in latin Carpe Diem words, whose meaning is: enjoy, enjoy life, it takes little, is very brief. However, while trying to follow the highest of latin Carpe Diem, a tragedy is ultimately down on them all. Metaphorically, one of the main characters, Neill Perry is constantly prevented from doing what they want in their lives due to projects that his father has for him.

Sociedade dos Poetas Mortos é um filme estadunidense de 1989, do gênero drama, dirigido por Peter Weir. Conta a história de um professor de literatura nada ortodoxo, de nome John Keating, em uma escola preparatória para jovens, a Academia Welton, na qual predominavam valores tradicionais e conservadores. Esses valores traduziam-se em quatro grandes pilares: tradição, honra, disciplina e excelência. Com o seu talento e sabedoria, Keating inspira os seus alunos a perseguir as suas paixões individuais e tornar as suas vidas extraordinárias. O filme mostra também que em certa altura da vida, as pessoas, em especial os jovens, deveriam opor-se, contestar, gritar e sobretudo ser "livres pensadores", e não deixar que ninguém condicione a sua maneira de pensar, mas também ensina esses mesmos jovens a usarem o bom-senso. A Sociedade dos Poetas Mortos é formada por Todd Anderson, Neil Perry, Steven Meeks , Charlie Dalton, Knox Overstreet, Richard Cameron e Gerard Pitts. Repleta de citações de grandes nomes da literatura de língua inglesa, como Henry David Thoreau, Walt Whitman e Byron, e de belas imagens metafóricas, o filme deixa uma profunda mensagem de vida sintetizada na expressão latina Carpe Diem, cujo sentido é: aproveite, goze a vida, ela dura pouco, é muito breve. No entanto, ainda que tentando seguir a máxima latina de Carpe Diem, uma tragédia acaba por se abater sobre todos eles. Metaforicamente, um dos personagens principais, Neill Perry, é constantemente impedido de fazer o que deseja da sua vida devido aos projectos que o seu pai tem para ele.

No comments: